FAUSTO PARAVIDINO

fausto_paravidino_aNasceu em 1976. Frequentou a Escola de Teatro de Génova. É actor e autor. A sua primeira peça, Trinciapollo, é de 1996 e recebeu imediatamente a atenção da crítica. Durante os anos da Escola, escreveu ainda Gabriele (1998). Com Due Fratelli (1999), recebeu o prémio Tondelli, o mais importante prémio para a dramaturgia contemporânea e, em 2001, o prémio Ubu. Seguiram-se Tutta Colpa di Cupido (com Giampiero Rappa e Lello Arena), La Malattia della Famiglia M (2000, Premio Candoni), Natura Morta in Un Fosso (2001), Genoa 01 (2001) e Noccioline que foi encomendada pelo National Theatre de Londres (2002). Traduziu Um Para o Caminho de Harold Pinter, Henrique V, Sonho de uma Noite de Verão e Ricardo III de Shakespeare. Frequentou em 2000 a International Residency no Royal Court Theatre de Londres. O seu teatro, editado na Ubulibri, está a ser representado um pouco por toda a Europa. Dirigiu uma nova versão de Natura Morta in Un Fosso no Teatro Stabile di Bolzano e, em 2011, La Malattia della Famiglia M em Paris, na Comédie Française. Em Portugal Dois Irmãos foi produzida, em 2010, pelo Grupo de Teatro Palha de Abrantes, com encenação de Helena Bandos.

Nas Revistas Artistas Unidos:
Dois Irmãos
(Revista nº 11)
Natureza Morta numa Vala
(Revista nº 11)
Génova 01 (Revista nº 11)
Um Fugitivo - Conversa com Fausto Paravidino (Revista nº12)
No way out - para uma leitura do teatro de Paravidino - por Clara Rowland (Revista nº12)
Pôr jovens a falar com outros jovens - Conversa com o autor - por Alessandro Tinterri (Revista nº18)
Amendoins (Revista nº18)

Nos Artistas Unidos:
2004 -
DOIS IRMÃOS, encenação de Jorge Silva Melo (Teatro Taborda); OS TEATROS QUE VÊM DE ITÁLIA.
2011 - AMENDOINS (Exercício dos alunos do 2º ano da ACT), dirigido por João Meireles e Jorge Silva Melo (ACT).

Teatro da Politécnica

retrato prog RETRATO DE MULHER ÁRABE QUE OLHA O MAR
de 31 de Outubro a 8 de Dezembro
oteatro joaovieira prog VOLTAR A VER O JOÃO (VIEIRA)
de 31 de Outubro a 8 de Dezembro

Bilheteira

3ª a Sáb. das 17h00 até ao final do espectáculo

Preços:
Normal | 10 Euros
Descontos | estudantes | – 30 | + 65 | Grupos >10 | Protocolos | Profissionais do espectáculo | Dia do espectador (3ª) - 6 Euros

Bilhetes à venda

No Teatro da Politécnica, Reservas | 961960281, www.bol.pt, Fnac, Worten, CTT, El Corte Inglês, Pousadas da Juventude, Serveasy, Pagaqui. Para INFORMAÇÕES/RESERVAS: Ligue 1820 (24 horas).

E fora da Politécnica

DO ALTO DA PONTE 2 prog DO ALTO DA PONTE
No Teatro Municipal de Vila Real a 19 de Outubro
No Teatro Municipal de Bragança a 27 de Outubro
Em Ponte de Lima, no Teatro Diogo Bernardes a 3 de Novembro
No Teatro Nacional de S. João de 8 a 25 de Novembro
No Teatro Aveirense a 30 de Novembro
Na Póvoa de Varzim, no Cine-Teatro Garret a 1 de Dezembro
No S. Luiz Teatro Municipal de 10 a 27 de Janeiro de 2019
Em Faro, no Teatro das Figuras a 31 de Janeiro de 2019
No Teatro Municipal de Almada a 9 e 10 de Fevereiro de 2019
Em Setúbal, no Fórum Municipal Luísa Todi a 16 de Fevereiro de 2019
Em Viana do Castelo, no Teatro Municipal Sá de Miranda a 16 de Março de 2019
fernando lemos prog FERNANDO LEMOS. Como, não é retrato?
Em Coimbra, no Caminhos Film Festival, Mini-Auditório Salgado Zenha a 30 de Novembro, às 18h00

EM VOZ ALTA prog EM VOZ ALTA os nossos poetas
a voz dos poetas prog A VOZ DOS POETAS
12 de Novembro Luís Vaz de Camões por Jorge Silva Melo
Biblioteca da Imprensa Nacional (Rua da Escola Politécnica)

Livrinhos de Teatro

assinaturas2019

Assinaturas Livrinhos de Teatro 2019

Assinar »»

Subscrever Newsletter