RELER OS GREGOS

Uma introdução ao trágico pelo Professor Dr. José Pedro Serra

No TNDM II a 2 de Março de 2010

Foi em Atenas, no século V a.C., embora as suas origens recuem ao século VI a.C., que a tragédia se afirmou como uma das mais poderosas realizações do espírito, constituindo um dos principais legados da Grécia antiga. Tragédia e trágico são termos de extensão indomável, tal a diversidade de sentidos que arrastam e a densidade de universos que evocam. A partir do momento em que os gregos inventaram as representações trágicas, muitos foram ao longo do tempo os que, dela a seu modo se apropriando, reconheceram na tragédia a mais grandiosa e sublime forma de expressão literária. Os séculos XIX e XX assistiram a um poderoso regresso do trágico; neste passado recente, não poucos foram os homens que reconheceram na tragédia o desenho do traço que melhor e mais autenticamente diz a nossa humana condição, as nossas mais agudas e agrestes dores, as nossas alegrias mais puras e heróicas.

Reler os tragediógrafos gregos, ÉSQUILO, SÓFOCLES e EURÍPIDES, significa, então, não apenas regressar ao momento histórico em que a cosmovisão trágica foi esculpida, mas, mais importante, retomar e habitar perguntas que ainda nos envolvem e decisivamente nos dizem. Neste olhar para o trágico dirigido encontram-se palavras antigas e perplexidades modernas, ecos em que os tempos se misturam.

Teatro da Politécnica

retrato prog RETRATO DE MULHER ÁRABE QUE OLHA O MAR
de 31 de Outubro a 8 de Dezembro
oteatro joaovieira prog VOLTAR A VER O JOÃO (VIEIRA)
de 31 de Outubro a 8 de Dezembro

Bilheteira

3ª a Sáb. das 17h00 até ao final do espectáculo

Preços:
Normal | 10 Euros
Descontos | estudantes | – 30 | + 65 | Grupos >10 | Protocolos | Profissionais do espectáculo | Dia do espectador (3ª) - 6 Euros

Bilhetes à venda

No Teatro da Politécnica, Reservas | 961960281, www.bol.pt, Fnac, Worten, CTT, El Corte Inglês, Pousadas da Juventude, Serveasy, Pagaqui. Para INFORMAÇÕES/RESERVAS: Ligue 1820 (24 horas).

E fora da Politécnica

DO ALTO DA PONTE 2 prog DO ALTO DA PONTE
No Teatro Municipal de Vila Real a 19 de Outubro
No Teatro Municipal de Bragança a 27 de Outubro
Em Ponte de Lima, no Teatro Diogo Bernardes a 3 de Novembro
No Teatro Nacional de S. João de 8 a 25 de Novembro
No Teatro Aveirense a 30 de Novembro
Na Póvoa de Varzim, no Cine-Teatro Garret a 1 de Dezembro
No S. Luiz Teatro Municipal de 10 a 27 de Janeiro de 2019
Em Faro, no Teatro das Figuras a 31 de Janeiro de 2019
No Teatro Municipal de Almada a 9 e 10 de Fevereiro de 2019
Em Setúbal, no Fórum Municipal Luísa Todi a 16 de Fevereiro de 2019
Em Viana do Castelo, no Teatro Municipal Sá de Miranda a 16 de Março de 2019
fernando lemos prog FERNANDO LEMOS. Como, não é retrato?
Em Coimbra, no Caminhos Film Festival, Mini-Auditório Salgado Zenha a 30 de Novembro, às 18h00

EM VOZ ALTA prog EM VOZ ALTA os nossos poetas
a voz dos poetas prog A VOZ DOS POETAS
12 de Novembro Luís Vaz de Camões por Jorge Silva Melo
Biblioteca da Imprensa Nacional (Rua da Escola Politécnica)

Livrinhos de Teatro

assinaturas2019

Assinaturas Livrinhos de Teatro 2019

Assinar »»

Subscrever Newsletter