LEITURAS ANTONIO ONETTI

leitura_antonio_oneti_a ANTONIO ONETTI
Entre 11 e 13 de Julho de 2003
Festival de Teatro de Almada

11 e 12 de Julho, 21H30
Teatro Municipal Maria Matos
LA CALLE DEL INFIERNO pela companhia ¡Valiente Plan!

12 de Julho, Sábado, 15h00
Sala Virgílio Martinho, Teatro Municipal de Almada

Leitura de PURO-SANGUE (tradução de Jaime Rocha), com a presença do autor
Com Pedro Carraca, Vítor Correia, João Meireles, Teresa Sobral, Nuno Melo, António Simão, Miguel Telmo, Vanessa Dinger

12 de Julho, Domingo, 15h00
Sala Virgílio Martinho, Teatro Municipal de Almada

Leitura de MARCADO PELO TIPEX e SANTÍSSIMA APUNHALADA (traduções de Joana Frazão e Clara Riso) seguida de uma conversa com o autor
Com António Simão, Sylvie Rocha, João Meireles, Isabel Muñoz Cardoso, Gustavo Sumpta e Sérgio Gomes

Coincidindo com a vinda a Lisboa do espectáculo LA CALLE DEL INFIERNO de Antonio Onetti pela companhia ¡Valiente Plán!, os Artistas Unidos lançaram uma colecção de textos teatrais com um volume onde se incluem quatro peças deste Autor (A RUA DO INFERNO, MARCADO PELO TIPEX, PURO-SANGUE e SANTÍSSIMA APUNHALADA) em traduções, respectivamente, de António Gonçalves, Joana Frazão, Jaime Rocha e Clara Riso.
Paralelamente ao lançamento, foram realizadas, durante o Festival de Almada, duas sessões de leituras destas peças.

Sobre Antonio Onetti
leitura_antonio_oneti_b
Quando volto a ler a sua primeira peça, OS PERIGOS DA SELVA, escrita em 1985, verifico que nela já podemos detectar um mundo próprio que não parou de crescer ao longo da sua obra. Os temas que preocupam Onetti e a definição estilística básica já estavam estabelecidos nessa obra. O mundo dos perdedores, a incompreensão da sociedade em relação a quem a ouse desafiar, o gosto pelo tratamento humorístico das experiências mais dolorosas, a utilização das falas marginais, etc., são características comuns à maior parte das suas obras. (…) Onetti encontrou os seus melhores momentos nesse registo muitas vezes desprezado pelos elegantes que repudiam o "sainete" como género barato e que quiseram expulsar dos nossos palcos o "costumbrismo". O realismo de Onetti não é o realismo ingénuo do sainete tradicional com a sua ternura paternalista. O humor de Onetti não é conciliador, não quer ser complacente, procura a consciencialização. É patente a marca de Brecht.
Fermín Cabal

A sua galeria de personagens, extraídas da observação mais imediata, é composta por malandros, vadios, prostitutas, delinquentes, desempregados ou drogados que vemos em qualquer rua. O que acarreta a procura de uma linguagem popular sem precedentes, a não ser que olhemos para trás, para o folclorismo linguístico dos irmãos Quintero. Humor, irreverência, troça das instituições e íntima compreensão dos seus deserdados caracterizam o teatro de Onetti.
Enrique Centeno, La Escena Española Actual

Teatro da Politécnica

retrato prog RETRATO DE MULHER ÁRABE QUE OLHA O MAR
de 31 de Outubro a 8 de Dezembro
oteatro joaovieira prog VOLTAR A VER O JOÃO (VIEIRA)
de 31 de Outubro a 8 de Dezembro

Bilheteira

3ª a Sáb. das 17h00 até ao final do espectáculo

Preços:
Normal | 10 Euros
Descontos | estudantes | – 30 | + 65 | Grupos >10 | Protocolos | Profissionais do espectáculo | Dia do espectador (3ª) - 6 Euros

Bilhetes à venda

No Teatro da Politécnica, Reservas | 961960281, www.bol.pt, Fnac, Worten, CTT, El Corte Inglês, Pousadas da Juventude, Serveasy, Pagaqui. Para INFORMAÇÕES/RESERVAS: Ligue 1820 (24 horas).

E fora da Politécnica

DO ALTO DA PONTE 2 prog DO ALTO DA PONTE
No Teatro Municipal de Vila Real a 19 de Outubro
No Teatro Municipal de Bragança a 27 de Outubro
Em Ponte de Lima, no Teatro Diogo Bernardes a 3 de Novembro
No Teatro Nacional de S. João de 8 a 25 de Novembro
No Teatro Aveirense a 30 de Novembro
Na Póvoa de Varzim, no Cine-Teatro Garret a 1 de Dezembro
No S. Luiz Teatro Municipal de 10 a 27 de Janeiro de 2019
Em Faro, no Teatro das Figuras a 31 de Janeiro de 2019
No Teatro Municipal de Almada a 9 e 10 de Fevereiro de 2019
Em Setúbal, no Fórum Municipal Luísa Todi a 16 de Fevereiro de 2019
Em Viana do Castelo, no Teatro Municipal Sá de Miranda a 16 de Março de 2019
fernando lemos prog FERNANDO LEMOS. Como, não é retrato?
Em Coimbra, no Caminhos Film Festival, Mini-Auditório Salgado Zenha a 30 de Novembro, às 18h00

EM VOZ ALTA prog EM VOZ ALTA os nossos poetas
a voz dos poetas prog A VOZ DOS POETAS
12 de Novembro Luís Vaz de Camões por Jorge Silva Melo
Biblioteca da Imprensa Nacional (Rua da Escola Politécnica)

Livrinhos de Teatro

assinaturas2019

Assinaturas Livrinhos de Teatro 2019

Assinar »»

Subscrever Newsletter