A FARSA DA RUA W de Enda Walsh

a_farsa_rua_w_nova_1 A FARSA DA RUA W de Enda Walsh Tradução Joana Frazão Com Américo Silva, João Meireles, António Simão, Laurinda Chiungue Cenografia e Figurinos Rita Lopes Alves Construções João Prazeres Luz Pedro Domingos Coordenação da Produção Pedro Carraca Assistência Joana Barros

No Teatro da Politécnica de 7 de Dezembro de 2011 a 14 de Janeiro 2012
No TECA a 27, 28 e 29 de Abril de 2012
No Teatro da Politécnica de 21 de Novembro a 15 de Dezembro de 2012

Dafarsa_22inny A Irlanda é um buraco terrível e não vou ser eu a discutir isso… mas digo-te uma coisa… dá aos tontos a hipótese de mostrarem o que valem.
Enda Walsh, A Farsa da Rua W

São onze da manhã num bairro social no sul de Londres. Dentro de duas horas, três irlandeses terão consumido seis latas de Harp, quinze biscoitos com queijo, dez folhados cor-de-rosa e um frango no forno. Dentro de duas horas, cinco pessoas serão mortas.

a_farsa_rua_w_nova_2Não conheço outro autor como Enda Walsh que, sendo bem mais novo do que eu, tenha saudades dos mesmos Três Estarolas, da mesma Londres de imigrantes pobres, aquele sul de Londres desolado cheirando a cerveja e peixe frito, tenha saudades de um mundo devastado e pobre, goste daquela gente que será esquecida e sobrevive embriagando-se, gente. E eu, encantado sempre com este irlandês desesperado e arrogantemente cómico, com esta hipótese de teatro grotesco e fraterno, popular e tão, tão, tão subtil. Tenho esta certeza: vem da Irlanda, mais uma vez, uma voz única que, porque acredita na paródia, vai derrotar as pedantices de tanto teatro chapa 5 (pós-dramático?) que finge ser de agora. Precipito-me sempre para Enda Walsh, gosto dele e do seu teatro. E gosto daquilo que ele gosta, do trabalho e da invenção.
Jorge Silva Melo

Todas as minhas peças tendem a ser sobre personagens que estão presas em padrões de comportamento, ou de linguagem, e chega a um momento em que dizem: “Pronto. Não posso continuar a viver assim, preciso de viver de outra maneira.”
Enda Walsh, Eu sou esta história, mais esta, mais esta, Conversa com Enda Walsh in Revista Artistas Unidos nº 20


Teatro da Politécnica

rui castanho prog ARTISTA DO MÊS
Rui Castanho
dedalo prog DÉDALO
de 17 a 27 de Janeiro
9anos depois prog 9 ANOS DEPOIS
de 7 a 17 de Fevereiro

Bilheteira

3ª a Sáb. das 17h00 até ao final do espectáculo

Preços:
Normal | 10 Euros
Descontos | estudantes | – 30 | + 65 | Grupos >10 | Protocolos | Profissionais do espectáculo | Dia do espectador (3ª) - 6 Euros

Bilhetes à venda

No Teatro da Politécnica, Reservas | 961960281, www.ticketline.sapo.pt, Fnac, Worten, C. C. Dolce Vita, El Corte Inglês, Casino Lisboa, Galeria Comercial Campo Pequeno, Lojas Viagens Abreu e INFORMAÇÕES/RESERVAS: Ligue 1820 (24 horas).

E fora da Politécnica

O GRANDE DIA DA BATALHA prog O GRANDE DIA DA BATALHA variações sobre o ALBERGUE NOCTURNO de Máximo Gorki
No Teatro Nacional D. Maria II de 18 de Janeiro a 25 de Fevereiro
a voz dos poetas prog A VOZ DOS POETAS
Na Biblioteca da Imprensa Nacional
5 de Fevereiro de 2018: Alberto de Lacerda por Jorge Silva Melo e Nuno
2 de Abril de 2018: Adolfo Casais Monteiro por Jorge Silva Melo e Luís Lucas
9 de Maio de 2018: Gomes Leal por Jorge Silva Melo e Manuel Wiborg
a arte em imagens 1 A ARTE DAS IMAGENS
De janeiro de 2017 a janeiro de 2018 nos primeiros domingos de cada mês, às 15h30, a Fundação Arpad Szenes - Vieira da Silva exibe os filmes produzidos pelos Artistas Unidos sobre artistas plásticos.

Livrinhos de Teatro

assinaturas 2018 fundo

Assinaturas Livrinhos de Teatro 2018

Assinar »»

Subscrever Newsletter