GOMES LEAL

António Gomes Leal nasceu em Lisboa, em 1848. Frequentou o Curso Superior de Letras, embora não o tenha terminado. Trabalhou como escrevente de notário e colaborou com inúmeros jornais e revistas, tendo publicado a sua primeira obra poética em 1875, intitulada Claridades do Sul. A sua obra literária tem um cariz interventivo, latente sobretudo nos folhetins que publica em jornais ou n’O Espectro do Juvenal, publicação satírica que cria em 1872 com Magalhães Lima, Luciano Cordeiro, entre outros. Os seus poemas estão pejados de uma dimensão decadentista-simbolista, estética característica do final do século XIX. Morre na miséria, em Lisboa, em 1921.

Teatro da Politécnica

Bilheteira

3ª a Sáb. das 17h00 até ao final do espectáculo

Preços:
Normal | 10 Euros
Descontos | estudantes | – 30 | + 65 | Grupos >10 | Protocolos | Profissionais do espectáculo | Dia do espectador (3ª) - 6 Euros

Bilhetes à venda

No Teatro da Politécnica, Reservas | 961960281, 212473972, www.bol.pt, Fnac, Worten, CTT, El Corte Inglês, Pousadas da Juventude, Serveasy, Pagaqui. Para INFORMAÇÕES/RESERVAS: Ligue 1820 (24 horas).

E fora da Politécnica

a voz dos poetas prog A VOZ DOS POETAS
Biblioteca da Imprensa Nacional (Rua da Escola Politécnica)

23 de Setembro – Mário Cesariny por Maria João Luís e Jorge Silva Melo
11 de Novembro – José Gomes Ferreira por João Meireles (distribuição em curso)

EM VOZ ALTA prog EM VOZ ALTA
os nossos poetas leituras de poesia portuguesa pelos Artistas Unidos

Livrinhos de Teatro

K 124 Enda W

BALLYTURK
de Enda Walsh
Livrinhos de Teatro nº 124 Artistas Unidos/Cotovia

Livraria online »»

Subscrever Newsletter