HEINER MÜLLER

heiner_muller Nasceu em 1929 em Eppendorf e morreu em Berlim a 30 de Dezembro de 1995. Com 19 anos participa num concurso de peças radiofónicas. Em 51, ao contrário da família, fica na RDA; conhece Brecht. Escreve, com Inge Müller, O Fura-Tabelas e A Correcção (proibida depois do ensaio geral, reescrita, proibida de novo e finalmente autorizada). Em 59 é dramaturgo no Teatro Máximo Gorki. Em 1961, depois de proibida a encenação de A Emigrante ou A Vida No Campo em Berlim-Leste, Heiner Müller é expulso da Associação dos Escritores. Em 1965, A Construção recebe duras críticas e é abandonado o projecto de encenação. Como consequência das proibições e expulsões, o trabalho de Müller que se segue abandona o presente. No lugar da análise directa das estruturas da Alemanha Oriental, aparecem metáforas míticas e históricas. É por esta altura que trabalha sobre temas da antiguidade grega (Homero, Ésquilo e Sófocles), que traduz Shakespeare, Molière, Tchekov, Pogodin e Césaire e que escreve libretos para Paul Dessau. Desta fase são Filoctetes (1958/64), Hércules (1964), Édipo Tirano (1966) e Os Horácios (1968).

Do autor Noutros Editores:
Germânia 3 (Cotovia)
A Missão
(a páginas tantas)

Nos Artistas Unidos:
1998
- A QUEDA DO EGOÍSTA JOHANN FATZER encenação de Jorge Silva Melo (Teatro Variedades).
2000 - Leituras de AJAX POR EXEMPLO, O BLOCO DE MOMMSEN e A MORTE DE SÉNECA por Jorge Silva Melo (A Capital Teatro Paulo Claro).
2002 - FILOCTETES encenação de Jorge Silva Melo (A Capital Teatro Paulo Claro).

Teatro da Politécnica

Bilheteira

3ª a Sáb. das 17h00 até ao final do espectáculo

Preços:
Normal | 10 Euros
Descontos | estudantes | – 30 | + 65 | Grupos >10 | Protocolos | Profissionais do espectáculo | Dia do espectador (3ª) - 6 Euros

Bilhetes à venda

No Teatro da Politécnica, Reservas | 961960281, www.bol.pt, Fnac, Worten, CTT, El Corte Inglês, Pousadas da Juventude, Serveasy, Pagaqui. Para INFORMAÇÕES/RESERVAS: Ligue 1820 (24 horas).

E fora da Politécnica

fragil 1 prog FRÁGIL
Em Sobral de Monte Agraço, no CineTeatro Sobral a 28 de Abril
Em Sintra, no Chão de Oliva a 4 e 5 de Maio
Em Aveiro, no Teatro Gretua a 8 e 9 de Junho

o rapaz de ucello prog

O RAPAZ DE UCELLO ou aquilo que nunca perguntei ao Álvaro Lapa
No Porto, no Auditório de Serralves, 6 de Maio às 18h00

O Teatro da Amante Inglesa prog O TEATRO DA AMANTE INGLESA
Em Évora, n’A Bruxa Teatro a 11 e 12 de Maio
Em Alverca, no Teatro Estúdio Ildefonso Valério a 26 de Maio
Em Setúbal, no Fórum Luísa Todi a 29 de Agosto
a voz dos poetas prog A VOZ DOS POETAS
Na Biblioteca da Imprensa Nacional
7 de Maio - Gomes Leal por Jorge Silva Melo e Manuel Wiborg
fernando lemos prog FERNANDO LEMOS - como? Não é retrato?
de Jorge Silva Melo
Na RTP2, 9 de Maio às 23h15
EM VOZ ALTA prog EM VOZ ALTA os nossos poetas

Livrinhos de Teatro

capa115

O TEATRO DA AMANTE INGLESA
de Marguerite Duras
Livrinhos de Teatro nº 115 Artistas Unidos/Cotovia

Livraria online »»

Subscrever Newsletter