SAMUEL BECKETT

samuel_beckett_a Nasceu em 1906 em Foxrock, perto de Dublin. De família burguesa e protestante, estudou francês e italiano no Trinity College de Dublin, foi professor em Paris, conheceu James Joyce, regressou à Irlanda em 1931, passou por Londres e pela Alemanha, voltou a Paris quando rebentou a guerra, fez parte da Resistência. É no pós-guerra que vive o período mais intenso da sua produção literária, com a escrita em francês e entre outros textos, da peça À Espera de Godot, de uma trilogia de romances e de quatro novelas (entre as quais Primeiro Amor). Depois começa a traduzir os seus textos para inglês e volta a escrever também nesta língua. Constrói uma obra dupla, bilingue, cada vez mais depurada. Recebe o Nobel em 1969, distribuindo o dinheiro pelos amigos. Morre em Paris em 1989. “Quanto mais longe ele vai mais bem me faz. Não quero filosofias, panfletos, dogmas, credos, saídas, verdades, respostas, nada a preço de saldo. Ele é o escritor mais corajoso e implacável que aí anda e quanto mais me esfrega o nariz na merda mais reconhecido lhe fico. Não se põe a gozar com a minha cara, não está a levar-me à certa, não me vem com piscadelas de olho, não me oferece um remédio nem um caminho nem uma revelação nem um balde cheio de migalhas, não me está a vender nada que não queira comprar, esta-se borrifando para se eu compro ou não, não tem a mão sobre o coração. Bom, vou comprar-lhe a mercadoria toda, de fio a pavio, porque ele espreita debaixo de cada pedra e não deixa nenhum verme sozinho. Faz nascer um corpo de beleza. A sua obra é bela”.
Harold Pinter, 1954

Do autor nos Livros Cotovia:
À Espera de Godot: Uma Tragicomédia em Dois Actos

Noutros Editores:
Primeiro Amor [seguido de] Companhia (Ambar)
Teatro de Samuel Beckett: À Espera de Godot: Fim de Festa: A Última Gravação (Arcádia)
Teatro (Contem os textos: À Espera de Godot/ Fim de Partida/ Acto Sem Palavras I/ Acto Sem Palavras II) (Arcádia)
Murphy (Assírio & Alvim) (Círculo de Leitores)
Novelas e textos para Nada (Assírio & Alvim)
O Inominável (Assírio & Alvim)
Últimos trabalhos de Samuel Beckett (Assírio & Alvim)
Watt (Assírio & Alvim)
Malone está a morrer (Dom Quixote)
Textos para Nada (Dom Quixote)
Dias Felizes (Editorial Estampa)
Pioravante Marche (Gradiva)
Primeiro Amor [seguido de] Eu não (Hiena)
Molloy (Relógio d’Água) (Presença)
Aquela Vez e Outros Textos
(Quasi)
Mal Visto Mal Dito (Quasi)
A Última Bobina (Teatro da Rainha)
Como é
(Ulisseia)

Nas Revistas Artistas Unidos:
Fazer Beckett: Uma Winnie que seja feliz - por Madalena Victorino (Revistas nº 3);
Estar vivo em palco - por Miguel Borges (Revistas nº 3).
O fenómeno de ruminação da linguagem em Jean-Luc Lagarce, Samuel Beckett e Harold Pinter - por David Bradby (Revista nº 20)

Nos Artistas Unidos:
2000
- À ESPERA DE GODOT, encenação de João Fiadeiro (A Capital Teatro Paulo Claro).
2001 - PRIMEIRO AMOR, um trabalho de Miguel Borges (A Capital Teatro Paulo Claro); DIAS FELIZES, encenação de Madalena Victorino (A Capital Teatro Paulo Claro).

Teatro da Politécnica

retrato prog RETRATO DE MULHER ÁRABE QUE OLHA O MAR
de 31 de Outubro a 8 de Dezembro
oteatro joaovieira prog VOLTAR A VER O JOÃO (VIEIRA)
de 31 de Outubro a 8 de Dezembro

Bilheteira

3ª a Sáb. das 17h00 até ao final do espectáculo

Preços:
Normal | 10 Euros
Descontos | estudantes | – 30 | + 65 | Grupos >10 | Protocolos | Profissionais do espectáculo | Dia do espectador (3ª) - 6 Euros

Bilhetes à venda

No Teatro da Politécnica, Reservas | 961960281, www.bol.pt, Fnac, Worten, CTT, El Corte Inglês, Pousadas da Juventude, Serveasy, Pagaqui. Para INFORMAÇÕES/RESERVAS: Ligue 1820 (24 horas).

E fora da Politécnica

DO ALTO DA PONTE 2 prog DO ALTO DA PONTE
No Teatro Municipal de Vila Real a 19 de Outubro
No Teatro Municipal de Bragança a 27 de Outubro
Em Ponte de Lima, no Teatro Diogo Bernardes a 3 de Novembro
No Teatro Nacional de S. João de 8 a 25 de Novembro
No Teatro Aveirense a 30 de Novembro
Na Póvoa de Varzim, no Cine-Teatro Garret a 1 de Dezembro
No S. Luiz Teatro Municipal de 10 a 27 de Janeiro de 2019
Em Faro, no Teatro das Figuras a 31 de Janeiro de 2019
No Teatro Municipal de Almada a 9 e 10 de Fevereiro de 2019
Em Setúbal, no Fórum Municipal Luísa Todi a 16 de Fevereiro de 2019
Em Viana do Castelo, no Teatro Municipal Sá de Miranda a 16 de Março de 2019
fernando lemos prog FERNANDO LEMOS. Como, não é retrato?
Em Coimbra, no Caminhos Film Festival, Mini-Auditório Salgado Zenha a 30 de Novembro, às 18h00

EM VOZ ALTA prog EM VOZ ALTA os nossos poetas
a voz dos poetas prog A VOZ DOS POETAS
12 de Novembro Luís Vaz de Camões por Jorge Silva Melo
Biblioteca da Imprensa Nacional (Rua da Escola Politécnica)

Livrinhos de Teatro

assinaturas2019

Assinaturas Livrinhos de Teatro 2019

Assinar »»

Subscrever Newsletter