MANUEL WIBORG

manuel_wiborg_aFundou em 1986 o grupo rock Os Refundidos com quem trabalhou até 1991 como compositor e vocalista. Fez os cursos de Teatro (Actor) do Teatro Espaço, Instituto de Formação, Investigação e Criação Teatral e o primeiro ano da Escola Superior de Teatro e Cinema. Estreou-se no teatro com Amo-te de Abel Neves (enc.: Almeno Gonçalves - Teatro da Cornucópia). Ingressou no Teatro da Malaposta onde trabalhou com Jorge Silva Melo, José Peixoto, Mário Jacques. Trabalhou com Jean Jourdheuil em Germania 3 de Heiner Müller. Trabalhou com Luís Pais em Nada do Outro Mundo de António Cabrita. Traduziu, encenou e interpretou a peça Hotel Orpheu de Gabriel Gbadamosi com Miguel Hurst. No cinema trabalhou com Manuel Mozos, Joaquim Pinto, António Campos e Jorge Silva Melo, com o qual ganhou o prémio de melhor interpretação no Festival Internacional de Cinema de Dunquerque (1993). Na televisão participou na telenovela Cinzas e Verão. Interpretou Salgueiro Maia na série da SIC comemorativa do 25 de Abril. Fundou os APA - Actores Produtores Associados para quem dirigiu Universos e Frigoríficos de Jacinto Lucas Pires, Nada do Outro Mundo de António Cabrita, Crime e Castigo de José Maria Vieira Mendes, Lá ao Fundo o Rio de José Maria Vieira Mendes, As Regras da Atracção de Brett Easton Ellis/Rui Guilherme Lopes, O Homem ou é Tonto ou é Mulher de Gonçalo M. Tavares, Vou Lá Escutar Pastores de Rui Duarte Carvalho.

Nos Artistas Unidos:

1995 - ANTÓNIO UM RAPAZ DE LISBOA de Jorge Silva Melo, encenação de Jorge Silva Melo (Fundação Calouste Gulbenkian).
1996 - O FIM OU TENDE MISERICÓRDIA DE NÓS de Jorge Silva Melo, encenação de Jorge Silva Melo (Culturgest).
1997 - PROMETEU RASCUNHOS de Jorge Silva Melo, encenação de Jorge Silva Melo (Teatro da Comuna); PROMETEU AGRILHOADO/ LIBERTADO de Jorge Silva Melo, encenação de Jorge Silva Melo (Teatro da Trindade).
1998
- A TRAGÉDIA DE CORIOLANO de William Shakespeare, encenação de Jorge Silva Melo (Teatro Rivoli); A QUEDA DO EGOÍSTA JOHANN FATZER de Bertolt Brecht, encenação de Jorge Silva Melo (Teatro Variedades); O AMANTE DE NINGUÉM (Sem Deus Nem Chefe1); AOS QUE NASCEREM DEPOIS DE NÓS - CANÇÕES DO POBRE BB, direcção cénica de Jorge Silva Melo (Festival de Almada).
1999
- CRIME E CASTIGO de José Maria Vieira Mendes, um projecto de Manuel Wiborg e José Maria Vieira Mendes (Teatro Taborda).
2002
- A COLECÇÃO de Harold Pinter, encenação de Artur Ramos (Centro Cultural de Belém).
2008
- NORUEGA-LISBOA-NORUEGA (Fundação Calouste Gulbenkian; São Luiz Teatro Municipal).
2010
- MORTE EM TEBAS de Jon Fosse, leitura dirigida por Jorge Silva Melo (TEIA 2010 | TNDM II).

Teatro da Politécnica

Bilheteira

3ª a Sáb. das 17h00 até ao final do espectáculo

Preços:
Normal | 10 Euros
Descontos | estudantes | – 30 | + 65 | Grupos >10 | Protocolos | Profissionais do espectáculo | Dia do espectador (3ª) - 6 Euros

Bilhetes à venda

No Teatro da Politécnica, Reservas | 961960281, www.ticketline.sapo.pt, Fnac, Worten, C. C. Dolce Vita, El Corte Inglês, Casino Lisboa, Galeria Comercial Campo Pequeno, Lojas Viagens Abreu e INFORMAÇÕES/RESERVAS: Ligue 1820 (24 horas).

E fora da Politécnica

jardim zoologico de vidro 10 prog JARDIM ZOOLÓGICO DE VIDRO
Em Estarreja, no Cine-Teatro de Estarreja a 2 de Dezembro
Em Ponte de Lima, no Teatro Diogo Bernardes a 8 de Dezembro
a voz dos poetas prog A VOZ DOS POETAS
Na Biblioteca da Imprensa Nacional
5 de Fevereiro de 2018: Alberto de Lacerda por Jorge Silva Melo e Nuno
2 de Abril de 2018: Adolfo Casais Monteiro por Jorge Silva Melo e Luís Lucas
9 de Maio de 2018: Gomes Leal por Jorge Silva Melo e Manuel Wiborg
a arte em imagens 1 A ARTE DAS IMAGENS
De janeiro de 2017 a janeiro de 2018 nos primeiros domingos de cada mês, às 15h30, a Fundação Arpad Szenes - Vieira da Silva exibe os filmes produzidos pelos Artistas Unidos sobre artistas plásticos.

Livrinhos de Teatro

assinaturas 2018 fundo

Assinaturas Livrinhos de Teatro 2018

Assinar »»

Subscrever Newsletter