ANTÓNIO BANHA

António Banha

Fez o curso de formação de actores no Conservatório Nacional, foi bolseiro da Fundação Calouste Gulbenkian, fez estágios em Paris e  Londres e foi co-fundador do Teatro de Animação de Setúbal. Iniciou a sua colaboração, com o TNDM II, em 1978, convite de Riberinho. Participou em dezenas de peças de teatro, tendo trabalhado com directores como Sttau Monteiro, Carlos Avilez, Luis de Lima, Jorge Lavelli, João Lourenço, Blanco Gil, Filipe La Féria, Ricardo Pais, Jorge Listopad, Luis Miguel Cintra, João Mota, Fernanda Lapa,  Giorgio B.Corsetti. Na  Companhia de Teatro de Sintra, trabalhou com Joaquim Nicolau e Antonino Solmer. Os mais recentes espectáculos cujo elenco integrou no TNDM II são A Casa da Lenha de António Torrado; A Ilha Encantada de Hélia Correia, Audiência / Vernissage / Havel de Václav Havel; Tito Andrónico de William Shakespeare; Barcas de Gil Vicente; A Real Caçada ao Sol  de Peter Shaffer;  Frei Luís de Sousa de Almeida Garrett.
Faleceu a 15 de Julho de 2011

Nos Artistas Unidos:
2010 –
REI ÉDIPO a partir de Sófocles, encenação de Jorge Silva Melo (TNDM II).