CAMACHO COSTA

Camacho Costa

Crítico de cinema entre 1973 e 1978 tem dedicado a sua vida como actor ao teatro de revista tendo participado desde 1976 em mais de vinte produções do Parque Mayer. As suas últimas participações no teatro remontam a BOLERO de José Carretas no CCB e SICHARIO de Simão dos Reis. É presença regular de séries de humor na televisão. Morreu em 2002.

Nos Artistas Unidos:
2001 – SONHO DE OUTONO de Jon Fosse, encenação de Solveig Nordlund (A Capital Teatro Paulo Claro).
2001 – OS IRMÃOS GEBOERS de Arne Sierens, encenação de Jorge Silva Melo (A Capital Teatro Paulo Claro).