DANIEL PINTO

Daniel Pinto

Tem o curso de Interpretação da Academia Contemporânea do Espectáculo, no âmbito do qual trabalhou com António Capelo, João Paulo Costa, Joana Providência, Teresa Lima, Luís Madureira, Kuniaki Ida, Rogério de Carvalho, Alan Richardson, entre outros. Iniciou o seu percurso profissional com Get Off My Garden, criação e encenação de Alan Richardson (Diabo-a-Quatro 1999). Trabalhou também com Norberto Barroca (TEP), José Wallenstein (TNSJ), Elsa Aleluia, Kuniaki Ida (Teatro do Bolhão), Francisco Alves (Teatro Plástico), Nuno Cardoso, Pedro Giestas (Comédias do Minho), Rafaela Santos (Teatro ViriatoPrimeiros Sintomas), Nuno M. Cardoso, Luís Mestre (As Boas Raparigas), José Dias (TEP) e Nuno Carinhas (TNSJ).

Nos Artistas Unidos
1997A TRAGÉDIA DE CORIOLANO de William Shakespeare, encenação de Jorge Silva Melo (Rivoli Teatro Municipal do Porto).
2010REI ÉDIPO a partir de Sófocles, encenação de Jorge Silva Melo (TNDM II).