EM VOZ ALTA – 2019

EM VOZ ALTA

EM VOZ ALTA os nossos poetas leituras de poesia portuguesa pelos Artistas Unidos

Eu gosto de ler em voz alta, eu gosto de ouvir poesia lida pelos actores com quem trabalho, eu gosto de poesia lida para várias pessoas, eu gosto de leituras de poesia, ver gente, sentir gente à volta das palavras suspensas do poeta.

Em Setúbal, na Casa da Cultura, às 21h30
28 de Novembro – Cancioneiro de Natal de David Mourão-Ferreira por Luís Lucas e Manuel Wiborg

31 de Janeiro de 2019 – Armando Silva Carvalho por Jorge Silva Melo
28 de Fevereiro de 2019 – Pedro Tamen por Jorge Silva Melo e Luís Lucas
28 de Março de 2019 – Herberto Helder por Maria João Luís e Lia Gama
2 de Maio de 2019 – Sophia Mello Breyner Andresen por Catarina Wallenstein e Manuel Wiborg
30 de Maio de 2019 – José Afonso por Lia Gama, João Meireles e Nuno Gonçalo Rodrigues
26 de Setembro – Luís Vaz de Camões por Jorge Silva Melo
17 de Outubro – Novíssima Poesia Portuguesa por Nuno Gonçalo Rodrigues e Jorge Silva Melo

Em Cascais, na Casa Sommer, às 18h30
16 de Novembro – Luís Vaz de Camões por Catarina Wallenstein e Manuel Wiborg
14 de Dezembro – Cancioneiro de Natal de David Mourão-Ferreira por Luís Lucas e Manuel Wiborg

19 de Janeiro de 2019- Poesia erótica portuguesa (da antologia de Natália Correia) por Manuel Wiborg e Luís Lucas
16 de Fevereiro de 2019 – Carlos de Oliveira por Luís Lucas e Jorge Silva Melo
16 de Março de 2019 – José Afonso por Lia Gama, João Meireles e Nuno Gonçalo Rodrigues
13 de Abril de 2019 – Sophia de Mello Breyner Andresen por Catarina Wallenstein e Manuel Wiborg
25 de Maio de 2019 – Mário Cesariny por Maria João Luís e Jorge Silva Melo
3 de Junho de 2019 – Poesia Infanto-Juvenil
21 de Setembro – Novíssima Poesia Portuguesa – Marcos Foz e Sebastião Cerqueira por Nuno Gonçalo Rodrigues e Jorge Silva Melo
19 de Outubro – Poesia e Música (Pessanha,  Gomes Ferreira, Alberto Lacerda, Blanc de Portugal, Cochofel, Sena, Castro Mendes, entre outros) por Catarina Wallenstein, João Meireles, Nuno Gonçalo Rodrigues e Jorge Silva Melo