EUROPA de David Greig

Design sem nome (3)

Fotografia © Jorge Gonçalves

EUROPA de David Greig Tradução Pedro Marques Com Américo Silva, Gonçalo Carvalho, Inês Pereira, Nuno Gonçalo Rodrigues, Paulo Pinto, Pedro Caeiro, Rita Rocha Silva e Simon Frankel Cenografia e Figurinos Rita Lopes Alves Assistência de cenografia Francisco Silva Luz Pedro Domingos Som André Pires Vídeo Jorge Cruz e Nuno Barroca Direcção Técnica Sérgio Moreira Assistência de encenação Joana Calado e Pedro Cruzeiro Encenação Pedro Carraca Co-produção Artistas Unidos e São Luiz Teatro Municipal M14

No São Luiz Teatro Municipal de 18 a 29 Outubro de 2023
No Auditório Municipal do Seixal, no Festival de Teatro do Seixal a 9 de Novembro de 2023
Em Palmela, no Cine-Teatro São João a 11 de Novembro de 2023
Em Barcelos, no Theatro Gil Vicente a 18 de Novembro de 2023
No Teatro Municipal da Covilhã a 25 de Novembro de 2023 (organização – Teatro das Beiras)
Em Évora, no Teatro Garcia de Resende a 29 e 30 de Novembro de 2023

1. Esta nossa pequena cidade na fronteira, esteve muitas vezes deste lado,

2. e, / 3. noutras ocasiões, / 2. do outro, / 1. mas sempre esteve

1, 2, 3 . na fronteira. / 4. Somos conhecidos pela sopa,

5. Pela fábrica que faz lâmpadas / 1. e por estarmos na fronteira.

Europa, de David Greig

Europa mostra personagens em movimento, física e emocionalmente, alguns agarrando-se dolorosamente às certezas do passado, outros procurando novos destinos e experiências. Uma estação ferroviária abandonada numa cidade fronteiriça sem nome. Os comboios já não param ali e a cidade vai-se tornando vazia e introvertida.

Uma história íntima sobre privação de direitos, desconexão, amor e saudade, passada numa qualquer pequena cidade europeia perdida num mundo maior. A resposta de David Greig à guerra civil nos Balcãs e às forças da globalização, que não perde actualidade na Europa em que vivemos.