GINA SANTOS

Gina Santos

Trabalhou no Grupo de Teatro dirigido por Manuela Porto, tendo representado Tchékhov e Lorca. Ingressou em 1950 na Companhia de Amélia Rey-Colaço / Robles Monteiro onde permaneceu até 1966 e interpretou peças de Marcelino Mesquita, Alejandro Casona, Lope de Vega, Shakespeare, Almeida Garrett, Miguel Mihura, Arthur Miller, Carlos Selvagem, Georges Bernanos, Robert Thomas, Victorien Sardou, Garcia Lorca. Integrou ainda o Teatro do Povo na encenação do Rei Lear de Shakespeare por Ribeirinho (1955). No Teatro da Cornucópia, em 1975, interpretou Pequenos Burgueses de Máximo Gorki com encenação de Jorge Silva Melo. No cinema participou nos filmes Passagem e Ninguém Duas Vezes de Jorge Silva Melo.

Nos Artistas Unidos:
2004NÃO POSSO ADIAR O CORAÇÃO -(Assembleia da República).
2006 – O TEATRO DE IBSEN de Henrik Ibsen (Feira do Livro).